quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Corto o molto corto?

Se ha coisa que tenho saudades de Portugal é do meu barbeiro. Não sou uma pessoal vaidosa, ok sou qb, mas o cabelo é das coisas que mais importância dou. Um bom ou mau corte favorece ou não desde logo a aparência.

Ao chegar à barbearia, deparo-me desde longo com 7 cadeiras ocupadas e apenas uma disponivel. Ao que o rapaz com pronuncia portuguesa contesta: Monsieur s'il vous plait.

Perguntei se tinham pagamento com cartão ao que respondeu que infelizmente não. Se infelizmente não têm ja estava na hora de felizmente colocar o sistema disponivel! La me indicam um bancomat a apenas 50 metros numa rua sempre em frente....

... 300 metros depois la encontro o bancomat num pequeno centro comercial.

Regresso ao carro pois as moedas que coloquei no parquimetro ja não eram suficientes para o tempo de corte. Acrescento mais 0.80 francos e verifico que a maquina não acrescenta minutos ao anterior ticket de 1 franco o que me obrigou a colocar ainda mais 2 francos por mais 40 minutos de estacionamento!! Grrrrrrr...


Quando regresso o rapaz que estava disponivel ja tinha um cliente. Fui atendido pelo dono da barbearia, um senhor italiano muito bem disposto.

Signore, corto o molto corto?

La lhe expliquei como queria que ficasse e ele disse que entendeu. Pelo sim pelo não ele perguntou-me se era espanhol ou que idioma falava. Contestei português pelo que virou-me para o empregado do lado e disse: Tenho um cliente português aqui!! E o empregado português la lhe traduziu num "francês de barbeiro" o que eu pretendia.

Admirei a sua arte de corte, fazia pequenas pausas para ir à caixa receber o pagamento dos restantes clientes, o que não me incomodava. Deixei-o terminar. Coloquei os meus oculos e eis que apanho uma surpresa.

Pareço um pêssego, não dos carecas mas dos que têm um pouco de pêlo!

Das ultimas 2 vezes que cortei o cabelo aproveitei uma ida a Portugal para fazê-lo. Falar de futebol, de mulheres e de negocios. Enfim, tudo o que um homem precisa numa barbearia : D

E a diferença de preço? Apenas de 7.50 para 17.50 euros

Voltarei aos tempos dos meus pais em que se cortava em casa : D

E como nem o Blogspot da para colocar videos, aqui fica o link do youtube

http://www.youtube.com/watch?v=zLfAibxDK00

Vou cortar o cabelo com os meus proprios dentes! : D

2 comentários:

O Relojoeiro disse...

As coisas que descobres no You To Be!
Cá por casa já vai fazer uns tempos que deixei de ir ao barbeiro, sento-me na cadeira e a Miss Relógio Suiço trata do resto...
Agarra numa daquelas máquinas que custam 13 €uros no Lidl com 3 anos de garantia e toca a desbastar.
Já está uma experiente cabeleireira, que se calhar anda-se a perder, LOL
Mas pronto, está aí (aqui) o calor e só apetece mesmo dar uma carecada...
Não te preocupes, ele torna a crescer... de graça... :)

Aonde é que já ouvi isto?

Abraço

João

chocolatsuisse disse...

Uau, só pagaste isso? Por aqui é mais caro, mas o marido tb o corta sózinho e eu tb aproveito as idas a portugal para cortar o meu, 60 francos é dinheiro (quando não é mais).