sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Neve

Não é Natal sem neve. Andavamos todos tristinhos porque não nevava : )

Esta noite foi a primeira vez que nevou em Lausanne. E tudo fica muito mais bonito... e escorregadio :)


Partiremos hoje para Portugal e estaremos já de volta no 31. Temos muitas saudades da nossa podengo Luna, que infelizmente por termos um apartamento ainda não a pudemos trazer. Não há animal mais meigo, farta-se de correr e de se virar com a barriga para cima para lhe fazermos festas :) Uma caçadora nata!

É o gato Pako, a gata Kitty, a cadela Luna e o cãozito Neko. Quanto mais pessoas conhecemos mais gostamos de animais : )

Aproveitaremos também para ir ao dentista! :D Sim porque a Suiça deve ser o país com os dentistas mais caros do mundo.


E claro para ver a família e amigos. Em 2010 cá vos esperamos! Um FELIZ NATAL a todos!


terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Nem chove nem neva

Mas estão -4 graus em Lausanne. Domingo estivemos em Zurique. Pela primeira vez vi suiços! lol!

Tudo iluminado de noite e a nevar! Que momento mágico e que belo passeio : )

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

H1N1

No dia 30 de Novembro recebi uma carta a indicar-me que já têm uma seringa com o meu nome para prevenir a gripe A.

Esta vida é irónica...

Em Portugal é para grupos de risco e com listas de espera, e há mesmo quem pague para saber se tem o vírus e eu por aqui a pensar 2 vezes se hei-de ser vacinado!

20 600 é o número de resultados do google para "efeitos secundários da vacina da gripe A".

E vocês vão tomá-la?!

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Zurich Hauptbahnhof

Quem é que nos recomenda um hotel para irmos em Dezembro ao mercado de Natal em Zurique?

Obrigado! : )

domingo, 22 de novembro de 2009

1 ano depois...

...e a cumprir 29 anos.

Não há duas vidas iguais e a minha experiência tem sido única.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Quantas peças e meia?

39 mil e 500 euros por mês é a renda de uma casa em Megeve.

Quase meio milhão de euros por um ano de renda. Charges (custos de aquecimento e água) não incluídas!


Mmm não me admiro que tenha uma bandeira russa brevemente à entrada.

Tudo na vida tem um preço! E aqui está a prova disso.

E tu, qual é o teu preço? : )
Fonte: Immostreet.ch
Referência: HVMT4

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Weekend

Sexta à noite fomos ver o Quim e o Zé da Telerural!

Sábado a fazer compras no remodelado centro comercial Metropole no Flon.

Já tem 50 lojas! Lá ando eu colado às de desporto!

Ainda deu para beber uma Dr. Pepper : )

Domingo muda-se o armário, leva-se a roupa de Verão para o abrigo nuclear, o equivalente a cave, porque está aqui o Inverno!

E não falta muito para começar a nevar...

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

A época de caça já começou!




Hoje fui a Gumefens, buscar o meu novo material de snowboard.
Prancha Nidecker fabricada à mão na Suíça, material titânio, madeira e carbono, modelo Megalight 67! Uuuuuuhhhhhhhh... : D

Fixadores switch e Botas Rossignol, o conjunto mais parece um tronco de árvore.

Tinha que ser uma coisa em grande para mim : ) Pareço os miúdos com tanto entusiasmo.
Vamos ver como se portam estes fixadores. Agora procura-se capacete e uma protecção dorsal para parecer o robocop. Quem sabe se não será presente de Natal?

Uma vez mais tenho a agradecer ao meu amigo Ricardo que me ajudou na compra. Sim, esse mesmo, o ricardo.ch!

Um conjunto que custou 1000 CHF na loja, ficou por 150 : )

Gostei bastante da zona onde estive, junto a Riaz. O preço do aluguer de uma casa é apenas o dobro de um apartamento daqui.
Tem o lago e as montanhas e tudo à mão. Aqui na Suiça por mais pequena que uma vila seja tem tudo, desde correios locais, bancos, hipermercados, concessionários automóveis e lojas de ferragens : D

O objectivo ainda pode passar por viver em todos os cantões da Suiça : D

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Circo Knie


Vamos lá actualizar o Blog.

Não há um fim de semana que não conheçamos algo novo por terras helvéticas.

Fomos ao Circo Knie, um circo à moda antiga com fantástico artistas internacionais, pequeno mas com uma organização nunca vista.

Com destaque para o cómico Karim Slama e o seu humor físico e para o malabarista Kris Kremo.

Que bem nos faz chorar de felicidade. Faz parte do grande espectáculo!

Os bilhetes poderão ser comprados no local ou online na Ticket Corner.

Recomendado!

Link:

No domingo um passeio de comboio Golden Pass até Lenk para aproveitar os bilhetes ganhos por apenas 5 CHFs, normalmente 70 CHF por pessoa.

Um dia radiante que nos deixou aproveitar ao máximo a beleza dos vales, montanhas e casas típicas de madeira o que levou a pesquisar noite adentro por casas por arrendar : )

À vinda, em Gstaad o comboio panorámico teve um pequeno problema técnico, que nem demos conta, o que provocou um atraso na chegada a Montreux de 15 minutos.

Recebemos 2 vales de 10 CHF cada para descontar numa próxima viagem e com validade de 5 anos.
Uma viagem de sonho, com a companhia certa e um belo manjar com vista para as montanhas com neve : )

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Há coisas que nunca mudam...

Continua-se a adjudicar trabalhos a conhecidos.

Só pode ser essa a explicaçâo para o péssimo logótipo que a organização ibérica tem para o Mundial.

Dizem os "entendidos", a agência criativa EURO RSCG, que é inspirado nos artistas Juan Miró e José de Guimarães.

Que blasfémia! Perdoem-nos que eles não fazem por mal, apenas por interesses económicos!

Quantos milhares terá custado esta obra? É arte dizem eles!


quarta-feira, 28 de outubro de 2009

A solução é "parquimetrar"

O presidente da Câmara de Espinho perdeu as eleições. Oooooooohhhhhhh...

José Mota igualmente conhecido como José "sou presidente de Espinho mas passo mais tempo no Brasil" Mota estava há 16 anos no cargo.

Das excelentes borradas que fez na cidade de Espinho, vou salientar apenas algumas que afectam directamente todos os seus habitantes.

O passear de Jaguar com motorista privado, quando lhe faz muita falta caminhar. O cargo engorda! E como a mulher aceita ser chamada por Sra. Professora pela população de Espinho quando o trabalho dela era gaspiadeira (costureira de sapatos)!

A certa altura decidiu mudar os passeios de Espinho. Para não variar o trabalho não ficou terminado. Apenas meia dúzia de quarteirões de Espinho o têm num verdadeiro trabalho de artista!

O meu quarteirão ficou metade com "novo" passeio, que já levantou do bem que foi feito. A empresa que fez o trabalho não recebeu da Câmara Municipal de Espinho e parou.

A solução dos vereadores e querido presidente da Câmara de Espinho foi colocar parquímetros.

Não para resolver um grave problema de estacionamento que temos em Espinho onde há constantes abusos, estacionamentos em cima do passeio obrigando a deslocação dos peões para a estrada (?) e estacionamentos frente às garagens!

Não! Foi mesmo um acordo onde a empresa que fez um péssimo trabalho vai recuperar a factura que não foi paga. Agora, estacionar em Espinho custa 0,80 euros à hora!

A boa educação leva-me a querer mudar algumas palavras deste texto por verdadeiros palavrões!

Nos últimos dias vêm-se camiões a transportar grandes quantidade de papel por parte detrás da Câmara Municipal...

E assim se continua a fazer política...

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Beatas

Se há coisa que detesto mais do que fumadores sem qualquer respeito são beatas no chão.

No site www.pocketbox.ch decorre uma iniciativa da British American Tobacco para todos os fumadores guardarem o seu vício para si mesmo sem prejudicar o meio ambiente, a natureza e os não fumadores.

Neste, os residentes na Suiça poderão encomendar gratuitamente até 2 caixas. Se não for para vocês ofereçam-nas a familiares, amigos ou colegas de trabalho.

Se ficarem ofendidos sâo idiotas! Que se responsabilizem pelos seus actos : )

Queremos é ter uma cidade limpa! ; )

à Marisa esta aqui para Voce

Ser fluente em português na Suiça parece-me cada vez mais uma mais valia para trabalhos não qualificados.

Revolta ver o idioma português ser tão mal tratado, não há qualquer cuidado na escrita!

São tantos erros que nem vou nomeá-los...

http://img41.imageshack.us/img41/839/amarisaespera.jpg

e venha o verso da página para mais gargalhadas!

http://img7.imageshack.us/img7/4448/versomarisa.jpg

à Marisa esta aqui para Voce : D

Velhos hábitos

Aqui de volta à escrita! :)

Aproveito para apresentar o projecto que me tem mantido ocupado neste último mês:

WWW.APOSTAGARANTIDA.COM

Agradeço desde já a quem der uma vista de olhos se registar e fizer publicidade :)

Quanto a novidades, o frio já se faz sentir em Lausanne! Menos 3 graus à noite e com previsão para um Inverno coberto de neve :)

Estou já à procura de equipamento de snowboard e a recordar-me semanalmente de aumentar as responsabilidades do meu seguro actual :)

Daqui a um mês faz 1 ano que cheguei à Suiça. Colocando tudo numa balança sentimos que valeu a pena apesar das dificuldades.

Sempre fui habituado a trabalhar e a enfrentar os obstáculos. Temos um bom nível de vida mas não esperava tamanha falta de oportunidades.

Em praticamente 1 ano não tive qualquer oportunidade, proposta ou sequer entrevista de emprego na minha área (Gestão e Marketing).

Quem por cá anda conta histórias bem diferentes a colegas, amigos e família em Portugal. Passam a ideia que tudo é facilitado, que se ganha muito bem e que as regras cumprem-se o que faz com que muita gente pense que a Suiça é o El Dorado e possível soluçâo a todos os seus problemas.

Pois é meus amigos mas tal não é inteiramente verdade. Pelos trabalhos temporários que tenho feito e por onde tenho passado tenho testemunhado como os emigrantes são explorados e deixam-se humilhar. Chega a ser desumano o que alguns aceitam fazer.

Os patrões emigrantes são os principais exploradores de trabalhadores. Numa conversa com um inspector de trabalho deu-me a conhecer que 90% dos casos que têm é de patrôes franceses, espanhóis, italianos, turcos e portugueses. Que está cansado desta situação e que deveriam de ir todos para a terra deles, referindo-se obviamente aos patrões vigaristas e não aos emigrantes legais que vieram para trabalhar.

No meu último trabalho tive patrões franceses e colegas de trabalho portugueses. Mas que bela combinação!

O contrato além de ter várias claúsulas abusivas, o patrão na semana passada pediu-me que assinasse um documento a abdicar dos 8 dias de pré-aviso a que tenho direito por contrato. Obviamente que recusei! Se encontrasse um outro trabalho teria que lhe dar os mesmos 8 dias de pré-aviso.

Ao verificarmos o contrato não tinha direito a férias, nem 13 mês, as horas extras eram pagas ao mesmo valor que as normais, as nocturnas também e até o salário era mais baixo do que o previsto na lei!

Estes franceses são uns arrogantes vigaristas. Continuam a pensar que apenas porque aqui se fala francês que estão em casa quando são tão emigrantes quanto os seus colaboradores de outras nacionalidades.

Como ninguém ainda o fez e por isso também se aproveitam, recordei-o de tal. Que vá para a terrinha dele porque aqui tem o mesmo permis que eu!

Infelizmente a imagem dos emigrantes portugueses não é a melhor. São vistos pelos patrões como pessoas trabalhadoras mas também como analfabetos e miseráveis que são capazes de tudo para desesperadamente pagarem os créditos que têm na sua terra.

Pensam que somos todos iguais! Quem se sujeitar a trabalhos, onde não é preciso um curso superior ou profissional terá sempre estes problemas.

Tudo nesta vida é questâo de timing mas também de oportunidade. Até podeis chegar e conseguir um trabalho em menos de uma semana mas o certo é que é preciso que alguém dê uma oportunidade.

Neste momento vejo os franceses (povo que tem a mania que é o melhor da Europa!) a concorrem igualmente a trabalhos não qualificados. Numa vaga para empregado de mesa num restaurante espanhol quem ficou com o trabalho foi um francês que viveu 2 anos no... Equador. LoLoLoL

Ainda no final da semana passada entrei num restaurante bem conhecido de Lausanne onde em 100 m2 trabalham 35 pessoas! Pelo plano de horário contei pelo menos 16 nacionalidades entre chineses, coreanos, portugues, espanhóis, sul-americanos, africanos e de leste!

O primeiro documento que me apresenta é o das regras da casa: tudo o que consumir pago, todas as multas de transito que levar pago, se bater com a viatura pago e mesmo multas por atrasos nas entregas ou na minha assuidade! Todo o bom exemplo vindo de um patrâo... árabe!! :D

Há 4 factores que julgo fundamentais: dominar o idioma, ter boas referências, ter uma autorização de residência e uma boa rede de contactos.

E claro muita força de vontade e uma pontinha de sorte!

terça-feira, 6 de outubro de 2009

No seguimento...

...do post anterior.

Estamos vivos e de boa saúde : )

Apenas ocupado com o trabalho e um projecto que me toma o resto do tempo.

No sábado finalmente fui comprar uma cadeira de escritório.
Isto de sentar-me numa cadeira de palha é para o São José : ) A idade não perdooa!

Eis que ao chegar a casa do Conforama noto no manual de instruções mais atentados à língua portuguesa:
Uma imagem que merece um link com melhor qualidade
http://img7.imageshack.us/img7/7403/portuguesconforama.jpg
PORTUGUES = Português
Equipa-se da ferramenta necessária = ?
Crie-se uma zona de montagem = português arcaico
E o meu meu preferido vindo directamente da fronteira
Si faltara alguna pieza, lo mas aconsejable es contactar con la tienda. Oleeeeé!
é para portugueses caro Conforama, com os portugueses a montar móveis nunca faltam peças! : D

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

A fazer o quê?

Hoje fui à Administração Cantonal e não é a minha surpresa que os papeis para os estrangeiros darem conhecimento ao cantão da sua chegada estão em:

- Francês

- Alemão

- Italiano

- Inglês

- Espanhol

Agora pergunto-me. O que anda aqui a emigração portuguesa a fazer aqui ha mais de 30 anos para que o idioma português nem sequer seja valorizado quando é das maiores comunidades presentes na Suiça... Estão ca apenas para ganhar dinheiro para o levar para a terrinha?

Ainda beijam bandeiras, usam camisolas da selecção com o maior sentimento nacional mas não se promove a cultura e a língua portuguesa...

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Corto o molto corto?

Se ha coisa que tenho saudades de Portugal é do meu barbeiro. Não sou uma pessoal vaidosa, ok sou qb, mas o cabelo é das coisas que mais importância dou. Um bom ou mau corte favorece ou não desde logo a aparência.

Ao chegar à barbearia, deparo-me desde longo com 7 cadeiras ocupadas e apenas uma disponivel. Ao que o rapaz com pronuncia portuguesa contesta: Monsieur s'il vous plait.

Perguntei se tinham pagamento com cartão ao que respondeu que infelizmente não. Se infelizmente não têm ja estava na hora de felizmente colocar o sistema disponivel! La me indicam um bancomat a apenas 50 metros numa rua sempre em frente....

... 300 metros depois la encontro o bancomat num pequeno centro comercial.

Regresso ao carro pois as moedas que coloquei no parquimetro ja não eram suficientes para o tempo de corte. Acrescento mais 0.80 francos e verifico que a maquina não acrescenta minutos ao anterior ticket de 1 franco o que me obrigou a colocar ainda mais 2 francos por mais 40 minutos de estacionamento!! Grrrrrrr...


Quando regresso o rapaz que estava disponivel ja tinha um cliente. Fui atendido pelo dono da barbearia, um senhor italiano muito bem disposto.

Signore, corto o molto corto?

La lhe expliquei como queria que ficasse e ele disse que entendeu. Pelo sim pelo não ele perguntou-me se era espanhol ou que idioma falava. Contestei português pelo que virou-me para o empregado do lado e disse: Tenho um cliente português aqui!! E o empregado português la lhe traduziu num "francês de barbeiro" o que eu pretendia.

Admirei a sua arte de corte, fazia pequenas pausas para ir à caixa receber o pagamento dos restantes clientes, o que não me incomodava. Deixei-o terminar. Coloquei os meus oculos e eis que apanho uma surpresa.

Pareço um pêssego, não dos carecas mas dos que têm um pouco de pêlo!

Das ultimas 2 vezes que cortei o cabelo aproveitei uma ida a Portugal para fazê-lo. Falar de futebol, de mulheres e de negocios. Enfim, tudo o que um homem precisa numa barbearia : D

E a diferença de preço? Apenas de 7.50 para 17.50 euros

Voltarei aos tempos dos meus pais em que se cortava em casa : D

E como nem o Blogspot da para colocar videos, aqui fica o link do youtube

http://www.youtube.com/watch?v=zLfAibxDK00

Vou cortar o cabelo com os meus proprios dentes! : D

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Vou-me casar... se for rentavel!

O Verão é época de casamentos. "Casar em Agosto traz desgosto", ja diz o ditado popular. Desenganem-se que não é para os noivos!

Bebida e comida à farta! Vou dar dinheiro mas vou comer até estourar carago! Paguei 100 mas nesse dia quero comer e beber pelo menos 150 euros para ter valido a pena! Aproveito e até mostro a minha maquina de alta cilindrada...

A noção de um dia de festa é mesmo esta: 7 pratos de comida de comida aquecida, quinze pratos de sobremesa à escolha, gritaria, camisas abertas, palitos na boca e muita musica pimba à mistura.

Mas nesta arte os tugas são especialistas. Previamente fazem ja a lista de convidados e por alto as contas para verem até onde podem ir na lua de mel. Se a Benidorm ou às Maldivas!

Raros são os convites para irmos a casamentos (graças a Deus!). O ultimo teve uma particularidade. Os noivos ao entregarem o convite deixaram bem claro que recusariam uma prenda inferior a 100 euros por pessoa! Ja se exige a prenda e o montante minimo. Estamos bem exigentes hem?

Afinal de contas angariar para uma festa engloba grandes custos e esta gente so se casa uma vez... : D

As prendas abatem créditos pendentes e dão ainda a possibilidade de irem de férias à borla. O casamento transforma-se, então, num negocio proveitoso!

E o convite apenas pelo prazer de ter as pessoas que nos são queridas presentes? Isso não, que essas são as que dão menos : )

Durante a festa, ainda se vende a gravata, a liga e a sogra a quem der mais! Vale tudo!

E não ha melhor forma de mostra-lo ao abrir os envelopes na mesa dos noivos e anunciar quanto cada casal contribuiu para a grande festa!

Por isso, se quiserem ir de férias a um destino paradisiaco e tiverem créditos para abater sigam o meu conselho:

casem-se...

Mas que seja pela tradição: que paguem os pais a festa e vocês que fiquem com o dinheiro das prendas... :D

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Always look on the bright side of life

video

1 de Agosto

Dia Nacional da Suiça. Durante o dia não vimos qualquer festejo, apenas preparativos e miudos a rebentar bombinhas. à noite fomos aos festejos e fiquei desapontado. Esperava que fossem mais tradicionais com instrumentos, vestuario e danças locais e não um woodstock das comunidades.

Os suiços presentes em clara minoria, talvez apenas 10% fossem suiços, reconheciam-se apenas por um boné ou camisola com bandeira da Confederação Helvetica! Os restantes viram apenas uma oportunidade para se embebedarem e sujarem toda a cidade, sem qualquer respeito ou civismo.

Viver aqui tem dias em que é uma relação de amor-odio. Muitos não acrescentam mais valias a este pais. Trabalham no que os suiços não querem fazer e aumentam o consumo, mas são demais! Principalmente nos centros urbanos porque se formos passear a locais turisticos é muito raro encontra-los.

Tem havido um crescimento incrivel de cidadãos das colonias francesas, sul americanos e sem papeis. Este pais é reconhecido pela harmonia entre os povos mas actualmente as autoridades estão a facilitar o controlo das populações. Ainda ha 8 anos, quem não tivesse contrato de trabalho ou papeis em dia, apanhava o autocarro um minuto antes de ele chegar para (tentar) não ser submetido aos controlos da policia feito nas paragens. Quem não tivesse papeis era imediatamente acompanhado à fronteira.

Gostaria que esta crise tivesse melhores dias para que muitos do que ca estão voltassem ao seus paises. Sera que voltariam?

Ninguém gosta de ver um pais a mudar tão rapidamente face à crise e globalização e o que defendem os sem papeis na Suiça não os querem com certeza frente à sua casa! Ao contrario de outros emigrantes não temos planos de regressar o que nos faz recear qual sera o rumo que este pais ira tomar. é um problema global, amigos na Australia dizem-me o mesmo, que, tal como nos, gostam de viver numa sociedade multicultural mas que os chineses e indianos não param de chegar todos os dias.

domingo, 2 de agosto de 2009

sábado, 1 de agosto de 2009

Sardenha

Estamos de regresso, neste que é o dia nacional da Suiça. As férias foram optimas. 10 dias na Sardenha é a duração ideal.
A ilha é bastante maior e moderna do que previamos e com temperaturas entre os 27 e 40 graus, descendo aos 17-20 à noite. A noite apesar de fresca conta com um vento quente, chinelos, calções e t-shirt é o vestuario ideal. Não vale a pena ir carregado de malas, ja que é muito pratico lavar e secar a roupa.

No entanto, o mês de Julho não é o ideal para visitar a ilha, ja que Julho e Agosto são os meses de férias dos italianos que invadem a segunda maior ilha do Mediterraneo. Esperamos no proximo ano viajar em Junho ou Setembro, onde as temperaturas do ar ainda rondam os 20-25 graus e da agua os 24 a 27 graus.

é incrivel a quantidade de candongueiros sempre a molestar quem esta na praia e quer tranquilidade. Desde senegaleses a brasileiras que vendem colares, pulseiras ou massagens. Numa zona tão cara como é que conseguem la ficar durante os 3 meses? O negocio rende... Estou a pensar seriamente em faze-lo no proximo ano : )

Em praias de tias, onde ha os ricos futeis e os que se fazem de ricos, as falsificações de malas são o prato do dia e a policia colabora. Mesmo em praias remotas, em que temos que descer por encostas acentuadas, la estão eles!

O hotel de 3 estrelas e de gestão familiar era simpatico, infelizmente sem a limpeza que so se consegue em casa. Os donos nem sempre bem encarados, tinha uma recepcionista diferente todos os dias, que grande familia sarda! : D

Contava com boas criticas no site booking.com e um valor aceitavel para o destino. Afinal de contas, na Sardenha não se paga bem o hotel ou o serviço mas mais a zona exclusiva da Costa Smeralda.

A desorganização é notoria, estamos em Italia! Depois de esperar mais de 2 horas na fila da Europcar para levantar o nosso Fiat Punto, como não podia deixar de ser, testemunham-se os tipicos esquemas dos povos latinos em que os conhecidos passam à frente e de 3 trabalhadores apenas 1 atende as pessoas ao balcão e os restantes fazem pausas prolongadas.
A paisagem é agreste e seca. A beleza esconde-se nos seus 1900 quilometros de costa, rodeada pelo azul estonteante das aguas e na sua cultura historica, de tradições espanholas, italianas e francesas.

A Primavera é igualmente uma boa estação para visitar a Sardenha. A ilha mais deserta é coberta de flores e as temperaturas não são tão escaldantes.
Juntamente com os brasileiros, os italianos serão seguramente os homens mais vaidosos. Na Sardenha assiste-se a uma verdadeiro culto ao corpo que chega a ser bem ridiculo, com depilação às sobrancelhas e maquilharem-se! Notei que era dos poucos homens na praia que tinha pelos no peito : D Que lingrinhas tão femininos...

Um dos maiores problemas da ilha no Verão são os incendios, normalmente no interior mais seco e quente. Outro é o de ter demasiados italianos o que provoca alguma confusão e muito perigo na estradas de curva e contra-curva. A Sardenha é o Algarve dos italianos...
De todos os paises que tenho conhecido os italianos levam a bandeira no que toca a serem péssimos condutores e muito irresponsaveis. Sim, ainda mais do que portugueses e espanhois! Rapidamente um amigo aconselhou-me Grécia... para ver mais acidentes : D

As curvas na estrada são feitas geralmente em contra-mão, não ha qualquer respeito por linhas continuas ou dupla continuas e é usual fazerem ultrapassagens em lombas ou mesmo em cima das apertadas curvas. Para deslocações, um carro e um GPS são indispensaveis, ja que os transportes publicos são poucos e ineficientes.

Olbia, cidade no norte, foi o nosso quartel-general. Esta cidade, junto à famosa Costa Smeralda permite uma rapida deslocação à costa norte, este e oeste onde se encontram as melhores praias da ilha. Nas lojas de recordações é possivel comprar por 6.50 euros um guia em ingles ou frances para 210 praias, ilustrado com imagens e pequena explicação como la chegar.


Existem varios cruzeiros a outras pequenas ilhas da costa. Recomendamos o cruzeiro Gite in Barca (http://www.giteinbarca.it/) que percorre a norte o parque nacional e as ilhas de Spargi, Budelli, S. Maria e La Maddalena com algumas praias tão exclusivas que são acessiveis apenas por mar. Tem um preço de 40 euros por pessoa, com almoço incluido. A saida é em Palau e a excursão dura todo o dia. Ha outro ainda em Cala Gonone com menos praias mas com pausas de 2 horas em cada e visitas a grutas.

Os restaurantes da ilha como seria de esperar são caros e as ementas consistem sempre em pizzas e pastas. Todos cobram o coperto, que é uma verdadeira forma de espremer os turistas. Basta sentarmo-nos à mesa, mesmo que seja dentro do restaurante ou fora com vista para o mar ou para um caixote do lixo, paga-se entre 2 a 2.5 euros por pessoa! No final perguntei se podia levar então a mesa para casa ja que a tinha pago, apenas para se darem conta que é um verdadeiro abuso. Mesmo o gelado da Ola Magnum Branco, por exemplo, varia entre 1.70 e os 2.50 euros.
Como alternativa existem algumas roulotes junto à estrada e supermercados com preços acessiveis.

Algumas praias na Costa Smeralda têm parques de estacionamento pagos, entre 1.20 e 2 euros à hora. Pelo menos esse dinheiro serve para limpar e proteger paisagens naturais.

Recordações da ilha: pratos e ímans decorativos, mascaras de mamoiada carvadas à mão e garrafas decoradas de cortiça com licor de mirto : )

Praias recomendadas: La Pelosa (Stintino), Ira (Porto Rotondo), Spiaggia Bianca, Rena Bianca, Biderosa (reserva natural), La Cinta, Del Relitto (Ilha de Caprera), Mari Ermi (Oristano), Spiaggia Rosa (areia cor de rosa), Lido (Alghero), Spiaggia del Principe e Cala Ginepro entre muitas, muitas outras : )

O combustivel diesel custa entre 1.09 a 1.25 euros, dependendo da marca. Ha varios postos de abastecimento. Deve-se ter atenção que os cartões bancarios europeus não funcionam nas maquinas quando o posto esta encerrado e se colocarem notas a maquina não da troco! Alemães e franceses não ficaram igualmente satisfeitos, querer atestar o carro e chegar atrasados ao check-in.
Percorremos mais de 1700 quilometros e fizemos amigos em cidades fantasticas como Santa Teresa de Gallura, Olbia, Porto Rotondo, Ilha de Caprera e Alghero. Os sardos são muito atenciosos. Conhecemos um simpatico casal idoso em Alghero que ao saber que estavamos apenas de passagem e que iriamos fazer ainda 140 quilometros às 23 horas prontamente ofereceram a sua casa.

Mais tarde colocarei imagens da nosa viagem e de outros pormenores que me possa ter esquecido. Sim, porque nas férias nem numa caneta e papel quis tocar...

Boas férias a todos ; )

segunda-feira, 20 de julho de 2009

De férias...

Vamos para a praia, fartos da montanha oh oh oh oooooooooohhhh! : )

Sardinia, Sardegna, Sardenha!! Qui andiamo! : )

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Para ingles ver

Agosto, Agosto é Emigrante!

Ora ai esta o Verão, época do sol e dos emigrantes que regressam a Portugal avidos das festas populares da suas aldeias de norte a sul.

E digo-vos que é a pior altura para comprar carro na Suiça. Curiosamente tenho verificado que a qualidade dos carros nos stands diminui por esta altura. Não é uma coincidencia meus amigos, é nesta altura que o emigrante adquire, ou aluga, o seu belo maquinão de alta cilindrada para o gabar em Portugal. Fica o meu conselho, se querem comprar um bom carro esperem pela neve : )

As modas são outras, ja não se identificam os tugas somente pelas camisolas da selecção com madeixas, bigodes farfalhudos, camisas classicas às riscas verticais, emblema do Benfica ou à meia duzia de cachecois pendurados por detras dos vidros escuros. Mas ha ainda uma evidencia que não escapa. O belo e subtil autocolante da Federação Portuguesa de Futebol bem chapado no vidro de tras e la vai ele pela auto-route! Ah grande pinta : )
La compete com os compinchas do trabalho em quantas horas consegue chegar a Portugal com o numero menor de paragens e a maior velocidade possivel carregado até cima, com espaço apenas para meter as mudanças! Je mon fou, tu vas tombê, je ne parle pas portugues!

Empreendedorismo

Mais do que entregar um donativo e não fazer minima ideia do que vai ser feito com ele e se vai alguma vez chegar ao seu destino, aprecio projectos de empreendorismo sociais. Neste, invés de dar o peixe, ensinamos a pescar ao emprestarmos capital a empreendedores de paises subdesenvolvidos.

Um dos que conheci ha alguns meses e que me tem cativado é o Kiva.org.

Recentemente a Kiva incluiu os Estados Unidos da América, o que provocou diferentes opiniões um pouco por todo o globo. Uns acreditam que a pobreza é um problema mundial e que mesmo os EUA têm uma taxa de pobreza alta, o que viabiliza a implementação de microcréditos e, segundo, quem empresta é que tem o poder de decisão.

Outros, acham injusto e não ético entre os casos dos EUA, quando um arquitecto de Nova Iorque pretende um emprestimo no valor de 7000 dolares para construir um website e ter formação em design grafico porque agora quer especializar-se nessa area.

Cada pais tem a sua comunidade de lenders no site da Kiva. A nossa comunidade suiça, constituida por 146 membros, ja emprestou mais de 31 mil dolares em 1045 emprestimos.

O nosso primeiro emprestimo de 25 dolares foi para uma senhora comerciante do Ghana que necessitava apenas de 500 dolares para aumentar a sua capacidade de compra de sementes de palma para fabricar oleos para a industria farmaceutica. O tempo total de pagamento é de 8 meses e neste momento 40% do valor ja foi amortizado, valor este que pode ser novamente emprestado, doado à Kiva ou facilmente transferivel para uma conta Pay Pal.

Podem-se ajudar igualmente associações, escolher entre varios sectores (agricultura, saude, alimentação, entre outros) e até adquirir cheques-oferta para divulgar o Kiva aos amigos. Na ultima semana mais de 3100 empreendedores foram financiados num valor superior a um milhão de dolares.

Tem videos no Youtube com a fantastica historia dos fundadores e varios testemunhos (palavra de pesquisa kiva.org)

Loans that change lifes

http://www.kiva.org/

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Nós ganhamos...

Não foi bem o grande jackpot mas um bilhete Golden Pass por apenas 5 francos, o que aqui na Suiça equivale ao mesmo : )

São 10 000 bilhetes que são sorteados e para se habilitarem basta preencher um simples formulario.

http://www.goldenpass.ch/CMS/default.asp?ID=666

Quando for possivel la iremos a Rochers-de-Naye visitar as nossas amigas marmotas : )

sexta-feira, 26 de junho de 2009

O Rei da Pop

Assunto do dia e que faz honras de abertura de todos os noticiarios mundiais: o falecimento do Rei da Pop.

Não lamento a sua morte, não tinha qualquer respeito por ele como ser humano. Alias não poderia ter, vindo de uma familia de psicopatas e como é a dos Jackson. Como artista, o seu legado sera sempre recordado tanto por apreciadores de musica como pelo seu grupinho de fanaticos. Não deixo, no entanto de recordar as figuras bem tristes que fez de pijama a caminho do tribunal ou ao sair quando se colocou em cima do tejadilho de um carro para celebrar a sua libertação num autentico freak show.

Mas ha outros aspectos na sociedade que me deixam sem reacção. Hoje ao abrir a pagina do Youtube, aparecem os seus videoclips, como era de esperar, e videos caseiros que os fans de todo o mundo colocam mostrando-se chocados pelo seu desaparecimento.

Além das usuais frases "RIP Michael, we will always miss you" tenho que confessar que fiquei revoltado com um videos de fans colocam na net, principalmente de uma criança negra que diz: "I think Michael Jackson was a very cool guy, I don't care if he was a pedofil!" Traduzido, o Michael Jackson era um porreiraço e ser pedofilo não faz a menor diferença...

Mas estamos todos loucos?! A futilidade, a irresponsabilidade e os falsos valores desta sociedade estão fora de controlo. Idolatram-se personalidades apenas pela fama e pelo dinheiro.

E para isso contribuem programas na MTV com o seu mau exemplo, como The Hills, My Super Sweet 16 ou Meet the Parents mostrando uma vida de riqueza facil, onde vivem num mundo à parte, onde tudo é possivel, até insultar os pais com os maiores palavrões. Autenticas novelas, onde adolescentes fazem tempestades com temas que, sinceramente, se estivessem bem ocupados não teriam sequer tempo para se lembrarem!

Quanto ao Michael Jackson, celebremos o artista e não o homem...

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Golden Pass


No domingo, aproveitando que as férias da minha mãe estavam a terminar, decicimos fazer-lhe uma surpresa ao levá-la num passeio até Luzern no comboio Golden Pass.

Não há palavras para descrever tamanha beleza. Tanto verde, tanta água e o céu radiante do sol.

É uma experiência única, talvez comparável apenas com a que fizemos à Amazónia. O bilhete custa 134 CHF, cerca de 90 euros, e ninguém se arrependerá.

Partimos de Montreux, paramos em Gstaad, terra do Dr. Robert Chase na série Dr. House. Esse mentiroso que na série diz que é de Gstaad quando na realidade é um aussie : )

Passando Zweisimmen e Interlaken em direcção a Luzern no Golden Pass Classic, o titanic dos comboios : D

Descobrimos ainda comboios a vapor portugueses, duas máquinas centenárias de 1897 e de 1905, que estão em funcionamento nas montanhas de Jura, junto a Neuchâtel. A proveniência das máquinas é bem ao norte de Portugal, das linhas do Douro e Tua. Essa mesmo, a linha que ligava Trás-os-Montes a Puebla de Senabria em Espanha.

Quem não sabe ou não quer fazê-lo, toma decisões de encerramentos da linha, que tanto têm prejudicado o turismo rural na região, e vende a quem potencia o seu património. Comprem TGVs e livrem-se das sucatas que são peças históricas dos caminhos de ferro portugueses.

Dizem os suíços que preferem os comboios lentos para reviver o passado e poderem apreciar melhor as paisagens, não deixando de acrescentar que é triste como estas máquinas saiem de Portugal.

Façamos como dizem: Vá para fora cá dentro...

Ficam alguns vídeos e também as imagens com a promessa de ir ainda mais a norte numa próxima oportunidade : )

video

video

video

terça-feira, 2 de junho de 2009

Bof Bof Bof

Os franceses e a sua arrogância!

Como é que a Suíça e a França são países tão próximos e conseguem ser tão diferentes.

Vi uma boa oportunidade no site francês Ebay para comprar uma câmara de filmar da Sony com um memory stick adicional de 16 GB, apenas 1 mês de uso e garantia até Abril do próximo ano.

Lá licitei contra outros 2 membros e ganhei por 130 euros. Apenas a câmara custa na Suíça 400 francos (265 euros)

Ora terminado o leilão, envio a morada suíça para o vendedor como é procedimento normal para calcular o excesso dos portes de envio. Aproveitando o facto de residir na Suíça diz-me que vai cancelar o leilão porque só envia para uma morada francesa!

Respondi que pagaria o excesso sem qualquer problema. Ora aí é que dou conta. Como vendeu a câmara a um preço baixo e esperava seguramente mais licitadores tenta agora um esquema para cancelar este e recolocar novamente a venda.

Mas não há nada como ter uma boa lista de contactos para não morrer na praia. Rapidamente arranjei uma morada francesa e tenho-o a agradecer ao Nuno do Cern que se disponibilizou prontamente em receber e reencaminhar a encomenda.

Parece que as férias na Sardenha ficarão já capturadas em vídeo : )

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Adopta-me

Eu, adicto a sites de leilões sempre a procurar boas oportunidade de negócio. A Miss Sonhos Milka pesquisa anúncios de animais que tanto adora!

Desta vez queria um gatinho, para juntar à nossa grande família de um cão, uma gata e uma cadela! Felizmente não vivem todos na mesma casa, estaria formado um belo circo : )

Após algumas pesquisas e contactos a anúncios caducados em que o animal já tinha sido adoptado por outra família eis que surge um anúncio de um persa de longo pelo cinza azul e olhos verdes com ar diabólico : D

Foi amor à primeira vista! Depois veio a fase em que a Miss Sonhos Milka coloca os olhinhos meigos e fica nesses dias estranhamente mais carinhosa! Tudo isto para que eu diga que sim! Ai que interesseira...

Curiosamente a família suíça que o entregava vivem apenas a 2 quilómetros, tornando-nos quase vizinhos. Chegamos ao local, uma vivenda decorada com uma mescla de estilos ibéricos e muito espaçosa.

Os donos muito simpáticos e gentis, que até estudam o nosso idioma, pensam mudarem-se para a Régua já que o senhor vai ter um regime de meia pensão. Uma reforma como os suíços apreciam, 4 meses lá, outros meses por cá : )

Como temos um pequeno cão em casa, o Neko, pedimos aos donos o gato por um período experimental, aproveitando o fim de semana prolongado na Suíça. Dos poucos feriados este calhou numa segunda feira : )

Queriamos ter a certeza que se adaptariam, apesar do Neko apreciar mais gatos do que cães, tivemos o cuidado de não se magoarem.

Depois de ler bastante net e alguns livros de gatos para conhecer ainda melhor o carácter e personalidade deste persa que mais parece um somali, lá pegamos no peluche que estava num canto da sala de casa triste e muito carente de afectos. Até foi por este motivo que os antigos donos o decidiram entregar. O gato foi abandonado quando tinha apenas 7 meses (que raio de pessoa é que faz isto?!), uma das filhas do casal adoptou-o. Mas recentemente foi estudar para a Inglaterra ficando o gatinho só e deprimido.

Eis o gato Pako! O nome foi escolhido pelos anteriores donos e consta já do seu passaporte. Lá teremos que nos habituar a ele : D

Ainda estranha as fotografias, não gosta de ser modelo : )

Com o seu ar diabólico quando é o gato mais dócil do mundo!


Na sua marquesa a receber uma sessão de massagens que tanto adora! : )

A adaptação como se esperava não foi fácil. Foram muitos anos a viver noutra casa e infelizmente a comer comidas de menor qualidade. Tanta riqueza e nem sequer davam comida de qualidade ao bichinho. Esta noite teve um ataque de tosse, por causa das bolas... ou melhor rolos de pêlo. Nem sequer rações que auxiliem na diminuição das bolas de pêlo tinha! Estava tão magrinho mas agora com tanto gourmet seguramente que vai ficar mais forte e saudável.

A aproximação ao Neko foi feita devagar para não colocar em perigo ambos os animais. Muitos soprares e outros ruídos típicos da mensagem: Afasta-te que eu não te conheço!

O Neko é um cãozinho meigo, o problema dele é querer fazer amizade muito rapidamente e quase saltar para cima do gatito. E ambos se assustavam : D

O Pako faz muito ron-ron e baba-se de felicidade, coitadinho. O veterinário diz que o desmame foi feito demasiado cedo quando era pequenino.

Sim, mas também se porta mal. A Miss Sonhos Milka teve a brilhante ideia de lhe mudar a areia e colocá-la num sitio diferente do primeiro dia com uma caixa de lado para o Neko não o incomodar. É certo que não o incomodou, mas dá-me a creer que o bicho também não a encontrou, o que resultou num rio de chichi na nossa cama. E ainda diziamos que ele miava de afecto, o bicho tava era aflito, aiiiiii : )

Já agora fica a recomendação, sabendo que o chichi dos gatos é muito forte podem utilizar vinagre de maçã e em seguida lavar normalmente...

Adaptado que esta à nossa casa e ao Neko damos as boas vindas ao nosso novo companheiro Paquito! Oleeeeeé

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Zona livre de vírus

Após uma quarentena de 2 semanas eis que é tempo, finalmente, de disfrutar do tempo magnífico que temos sentido na Suíça.

Aproveitamos, no sábado, para dar um salto a Berna e refrescarmo-nos no rio Aare. Estavam cerca de 34 graus. O céu sempre limpo e num tom azul celeste . Possivelmente das poucas cidades que não nos cativa mas queríamos mostrar a capital.
Parados num semáforo, junto ao centro da cidade, ao lado de uma viatura da polícia local, somos subitamente surpreendidos com um embate. O condutor suíço ainda se tentou desviar e como mais tarde um amigo dele, que o acompanhava noutra viatura brincou, a ideia era bater no carro da polícia : D

Saio da carrinha na sua direcção, aproveito, enquanto caminho, para apanhar os cacos dos faróis e plásticos espalhados na estrada. Sou recebido com um sentido Entschuldigung ao que respondo com o meu alemão enferrujado Kein problem, apertando a sua mão.
Prontamente disse-me que assumiria todos os prejuízos e para pararmos um pouco mais à frente para preenchermos os papéis. Afirmativo!
A carrinha da polícia deu a volta no cruzamento para prontamente desviar o trânsito, o que não foi necessário por entendimento de ambas as partes. Paramos uns 100 metros ao fundo da rua, só demos mais trabalho à polícia que ao ver-nos seguir viagem deslocou-se novamente ao nosso encontro para prestar assistência : )
Sorrindo os agentes cumprimentam-nos com um Grüezi e assim como vieram, partiram. A palavra de honra por cá ainda continua a ter muito valor.
O senhor suíço, acompanhado pela sua esposa e filho pequeno, desculpava-se enquanto explicava que os semáforos trocam muito rapidamente. Em seguida, preenche a declaração amigável e ainda me ajuda a preencher a nossa parte dado que estava em alemão : )
Tudo feito com a maior das honestidades. Sem ser necessário berrar, ameaçar, agredir ou desconfiar da boa vontade.
Comunicamos o acidente ao serviço de apoio do nosso seguro e o seu amigo ainda teve a gentileza de falar com eles por telemóvel para explicar o sucedido.
Entretanto, perguntava-lhe se o filho estava bem e se tinha seguro para danos próprios, o que respondeu que apenas para terceiros, mostrando irritação e preocupação pelo estado como tinha ficado a nossa carrinha.
Depois de alguns minutos e uma animada conversa lamentamos que nos tivessemos conhecido nessas circunstâncias ao que prontamente responderam: Agora que têm o nosso contacto, numa próxima visita a Berna liguem-nos para fazermos um churrasco!
Trocamos contactos e partimos sorridentes, com a boa disposição de quem acaba de ter um acidente de carro... na Suíça.

terça-feira, 19 de maio de 2009

Mas que bem que se vive...

Frase repetida, vezes sem conta, pela minha mãe que neste solarengo mês de Primavera nos veio visitar.

Inseparável da sua câmara, a repórter de imagem tem uma média de 60 minutos de gravação desde que chegou no sábado de manhã! Não perde um único pormenor!

Disse-nos que hoje em dia teria tido certamente mais filhos, para os espalhar por todo o mundo e passar todo o ano a viajar! Que engraçada, tem sentido de humor a senhora...

Vamos aproveitar estes dias para que se sinta a pessoa mais feliz do mundo!

Não tenho muita paciência para guia turístico mas acho que até estou a fazer um bom trabalho : )

E isto de andar por casa e com tempo para compras anda a deixar-me viciado em leilões. Na sexta-feira passada comprei uma tv de 100 Hz e 71 cm com móvel giratório por apenas 19.90 euros! Eu sei, deveria ter regateado um pouco... : )

Além de ajudarmos o meio ambiente ainda tem uma excelente imagem sem riscos. LCDs e Plasmas.... Baahhhh : D

É incrível a quantidade de TVs que ainda estão em muito bom estado e que são trocadas diariamente por LCDs e Plasmas de maiores dimensões caríssimos e, muitas vezes, com pior qualidade de imagem.

A ricardo.ch é a página de leilões suíça equivalente ao Miau e ao Ebay. Isto de fazer negócios com suíços dá gosto. Fomos buscá-la pessoalmente a casa do vendedor apenas 10 minutos após o fim do leilão.

A simplicidade e a honestidade com que fomos recebidos pela família que a vendia é espantosa. Prometemos que cuidaremos bem dela! Até porque Its a sony... bem, pelo menos até agora tem sido : )

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Papiliorama

Através de um tópico no Blog do nosso amigo O Emigra ficamos a conhecer o paraíso das borboletas.

E não é que tinha algumas fotografias do Papiliorama perdidas no computador...

Ficam algumas imagens também da bonita cidade de Berna.











Tinha um vídeo espectacular que mostrava como é fácil descer o rio Aare a nado! : (








Até parece o reflexo de uma borboleta mas estão mesmo é brincar : )







Mas nem só de lindas borboletas vive este espaço : )