quinta-feira, 29 de abril de 2010

Simplicidades

Nascemos, vivemos, morremos...

A diferença está na simplicidade com que o fazemos.

Em Portugal, país de forte tradição religiosa é habitual ver-se nas sepulturas e jazigos a diferença até entre ricos e pobres, ostentosos e humildes...

Uma séria competição pelas esculturas, flores, coroas, anjos e santos ou cruzes em metais preciosos. Altares que acreditam poder comprar um pedaço do Paraíso.

Nas sepulturas da nossa cidade vemos objectos pessoais que amigos e familiares deixam que fazem recordar e honrar a pessoa que parte.

Somos apenas pó e ao pó retornaremos, todos da mesma forma mas nem todos da mesma maneira.

video

Sem comentários: